BLEISURE: JUNTO E MISTURADO!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp

Tudo Junto e Misturado

Quando a viagem a negócios vira um weekend.

Nesse post você descobrirá:  

 

  • o que é bleisure,

  • 5 dicas para sua aventura ter um final feliz,

  • um hobbie que pode virar profissão.

 

Se você ainda não ouviu falar nisso, comece a se acostumar:

BUSINESS(NEGÓCIOS) + LEISURE(LAZER) = BLEISURE

 

Você já fez uma viagem a negócios e estendeu a sua estadia para conhecer as atrações turísticas, gastronomia, circuito cultural, etc.?

 

Ok, então só faltava saber que isso tem nome.

 

É uma tendência mundial. E por isso, muitos investidores da hotelaria – e do turismo em geral – inclinam-se cada vez mais para lhe dar motivos de esticar a sua permanência.

Bleisure: é uma tendência mundial.

Se você achava que isso era uma coisa só da sua cabeça, saiba que uma recente pesquisa já apontava que 49% dos viajantes em 2017 tinham incorporado a prática do bleisure. E a estimativa é que 75% pretendem fazê-lo em breve.

 

PRAZER, ESSE É O BLEISURE…

 

Na transformação veloz em que estamos, lazer e trabalho se mesclam revolucionando um ao outro.

É de longa data a orientação de renomados gurus que declaram que o sucesso é a junção de expertise com prazer.

A expertise advém do treino por longo período. E ela é melhor desenvolvida quando há prazer em se fazer algo, o que facilita a sua repetição.

 

E a  reiteração acontece mais naturalmente quando o ser humano percebe que realizar o seu trabalho, é algo muito mais gratificante emocionalmente que

qualquer patrimônio que ele possa conquistar.

 

Por isso, viver momentos incríveis na sua viagem de negócios, além de ajudar a chegar ao topo, pode transportá-lo para o paraíso!

Se você leu o nosso post sobre IKIGAI: RAZÃO PARA VIVER,  sabe que o nosso descolado personagem Otto também já incorporou esse recurso para recarregar as baterias. E voltar com tudo para sua base…

AVENTURA COM FINAL FELIZ!

 

Não podemos dizer que é incomum pessoas que saem para viajar a trabalho, e após cumprirem seu roteiro profissional, se embrenham em alguma aventura que acaba mal… às vezes muito mal:

  • perda de bagagem
  • gastos excessivos
  • atrasos no retorno à sua cidade
  • entrar numa área de risco, sem saber
  • ser extorquido por taxistas desonestos
  • ofender a cultura local
  • acidentar-se por não conhecer o local
  • distúrbios gastrointestinais
  • lembrou de mais alguma? coloque nos comentários…

 

E para não transformar sua VIAGEM num roteiro de filme de terror, listamos abaixo:

Bleisure: dicas para uma viagem perfeita.

5 DICAS PARA UMA BLEISURE PERFEITA!

 

1- PLANEJE-SE

Você vai ficar cinco dias numa cidade como Recife – A Veneza Brasileira?

Seria um sacrilégio da sua parte não molhar os pezinhos nas águas das praias encantadoras, como Porto de Galinhas, Praia dos Carneiros, Reserva do Paiva ou Praia de Boa Viagem, entre outras.

Mas ficar pensando durante as reuniões de trabalho como fazer para visitá-las, não é uma boa estratégia.

Programe-se: com antecedência você pode garantir ótimas acomodações com melhores taxas – lembrando que lugares turísticos costumam ter alta ocupação nos finais de semana.

 

2 – USE O NETWORK

Se tem uma coisa que todos, em qualquer lugar do mundo, têm em comum, é o fato de se orgulhar do lugar onde vivem.

Já que está indo a trabalho e vai fazer contatos profissionais, aproveite para pedir dicas e estabelecer uma cumplicidade com seu anfitrião de negóciosse você precisar, tem alguém próximo para te apoiar.

 

3 – POLÍTICA DA EMPRESA

Cheque se a sua empresa tem alguma política de bleisure (algumas têm, mas às vezes não é difundida).

É aconselhável conhecer os limites de hospedagem, os custos de mudança de voo (quando você não se planejou).  Também confira sobre a alimentação e a responsabilidade da estadia a partir do término do expediente (a lei trabalhista não alcança essa modernidade).

 

4 – SEGURANÇA

Tanto o planejamento quanto o network são essenciais para prevenir qualquer imprevisto: mapeie os lugares onde pretende ir e confira com o seu contato local se está tudo bem feito.

Informe-se sobre as questões culturais e as leis locais.

Imagine só a situação: um executivo vai a Amsterdam e fica alguns dias lá. Antes de ir para seu próximo compromisso de trabalho, permanece no fim de semana para relaxar. Ele sai de lá (onde a maconha é liberada) com um baseado – esquecido- no bolso, e desembarca no Irã (que tem pena de morte para porte de drogas)…

Ou resolve passear numa área de conflito, ou desconhece os perigos locais, como o ator que citamos no início do post.

Não subestime os riscos potenciais.

Afinal, o melhor destino de quem viaja a trabalho, é voltar para casa…

 

5 – SEGURO VIAGEM

Negocie com sua empresa esse direito. E leia atentamente as condições de cobertura. Caso o seguro de viagem da empresa NÃO dê cobertura em eventos de lazer, converse com o seu agente de viagens e faça um seguro que traga tranquilidade à você e sua família.

 

E DEPOIS DO BLEISURE?

 

Já que falamos de vários aspectos do bleisure, vamos falar de um segmento explorado comumente pelos que já praticaram esse way life, antes de que fosse visto como uma tendência .

 

Esses profissionais chegaram na frente e já prepararam o caminho para os novos viajantes.

 

E agora essa profissão vem ganhando cada vez mais espaço.

 

Na verdade, essa ocupação nem é tão nova assim, mas com a mudança de hábito dos viajantes a negócios, esse mercado está mais aquecido.

 

Fique de olho: o que consideramos hoje como lazer, amanhã pode ser uma rentável e prazerosa oportunidade de trabalho.

Bleisure: lazer hoje, oportunidade de trabalho amanhã.

DE EXECUTIVO VIAJANTE A TURISTA PROFISSIONAL!

 

O Turista profissional, na maioria das vezes, é alguém que já viajou muito a negócios, quando tinha um cargo executivo e aproveitava para explorar novos lugares.

 

Ou, é alguém que, morando fora do país ou da sua cidade natal, desvenda as atrações desse lugar, para os seu conterrâneos que pretendem ter uma experiência mais tranquila e segura.

 

Há também aqueles contratados por redes de hotéis e agências de turismo que são os clientes ocultos.

 

Esses ganham a vida avaliando o atendimento, as acomodações, os cardápios e tudo aquilo que pode ser consumido, por quem busca uma vivência única num novo destino. E nesse caso, se você já foi o cliente, isso é um importante diferencial.

VOCÊ TAMBÉM ESTÁ JUNTO E MISTURADO?

Agora você já sabe o que é o bleisure e como evitar as frustrações e os perigos de uma aventura mal planejada.

Também sabe como transformar isso numa oportunidade profissional incrível.

E então, já tem seu próximo roteiro de viagem?

Se encontrar pelo caminho um lugar fora do comum para trabalhar, aproveite para cadastrá-lo no nosso aplicativo! Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *