Micromobilidade, isso é da sua conta!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp
Micromobilidade: isso é da sua conta!

A micromobilidade é um termo criado para definir os deslocamentos de até oito quilômetros (5 milhas), que, segundo a Mckinsey & Company Automotive and Assembly, 50% a 60% da população de países como China e Estados Unidos e a União Europeia, fazem todos os dias.

Essa empresa ainda estima que do contingente de pessoas que se movimentam até 8 km, 60% deles utilizam veículos particulares e outros 20% utilizam transporte público – tudo isso é suficiente para colaborar com o caos no trânsito e o aumento expressivo da poluição ambiental.

Essa micromobilidade pode ser complementada por um percurso maior, quando é  combinada com outra forma de locomoção (carro+metrô, bicicleta+trem, caminhada+ônibus, etc).

Menos atrasos, mais economia

Essa distância, quando percorrida por bicicletas (particulares ou compartilhadas), scooters, motociclismo e caminhadas – diminuem atrasos, traz economia e beneficia o meio ambiente.

Muitas pessoas que estão se deslocando de casa para o trabalho, e não utilizam formas alternativas de cumprir sua jornada profissional ou não fazem uso de novas propostas de locomoção, vivem mais o estresse dos congestionamentos. E isso aliado à poluição diminui substancialmente a qualidade de vida, ao longos dos anos.

Sem brilho ou engajamento

Segundo pesquisa feita no Brasil pelo Instituto Parar, cerca de 60% das organizações e seus gestores ainda não se preocupam com a qualidade do deslocamento de seus colaboradores.

E 70% não oferecem a opção home office, conclui a pesquisa do Instituto Parar.

Será que eles não  conseguem perceber o quanto é lesivo à produtividade e à saúde do seu capital humano, longos deslocamentos em cidades como São Paulo, por exemplo?

E por consequência, o quanto a repetição desse trajeto pode tirar o brilho, o engajamento e a espontaneidade das tarefas e do trabalho.

OUTOO: um app para chamar de seu

Pensando nisso, a idealizadora do Outoo criou esse aplicativo que oferece a opção para se encontrar um lugar para trabalhar perto de casa ou de onde estiver no momento, mantendo-se conectado à empresa.

Em nosso artigo Trabalho Remoto x Sustentabilidade a gente conta a história de uma personagem que vive exatamente esse dilema e descobre as vantagens dessa nova forma de colaborar.

O gráfico sobre o consumo de Oscar com deslocamento em 11 meses ilustra bem o as perdas dele e da sociedade, com o trabalho tradicional.

Por isso, cada vez mais pessoas já estão chamando o Outoo de seu aplicativo para ajudar na mobilidade.

Micromobilidade: faça suas contas

Intermodais complementam a mobilidade

Há muitas formas de se contabilizar os ganhos com a busca por novas formas de percorrer as pequenas distâncias, e criar novos hábitos.

Algumas sinalizarão mais economia de tempo ou  dinheiro e outras de aumento no condicionamento físico ou diminuição do estresse.

Tudo depende das suas expectativas e necessidades.

E para incrementar todas elas, baixe agora o app do Outoo e descubra que há lugares surpreendentes para se trabalhar, bem perto de você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *