Soft Skills: você pontecializa as suas?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp
Soft Skills: ferramentas para hoje
Photo by Camila Damásio on Unsplash

Os atributos essenciais ao sucesso, em uma época, podem ser reprimidos, passar despercebidos ou até serem marginalizados em outros momentos.

A valorização das soft skills é um sinal de que a roda da transformação continua girando na mesma direção apontada pela nossa Série: Como reinventar as Organizações.

Estamos agora em busca de saber quais das nossas Soft Skills podem nos alçar ao sucesso e valorizar ainda mais nossas Hard Skills – ou compensar a deficiência de alguma dessas.

Se você está se preparando para uma entrevista de um novo trabalho (CLT ou Freelancer), para uma promoção, ou mesmo para construir seu perfil empreendedor, aproveite as dicas desse texto.

Competição e adrenalina

Durante décadas, ter uma foto dos filhos ou da família na mesa de trabalho era visto como uma atitude pouco profissional.

Ser um bom ouvinte poderia soar como fraqueza, falta de capacidade de liderança ou subserviência.

A territorialidade e a proteção do grupo (no melhor estilo “nós contra eles”) em departamentos e até setores de uma organização era um sinal de que a competitividade interna estava em alta.

E muitos administradores e gestores de pessoas acreditavam que sufocar a individualidade e desprezar o emocional enquanto se aumentava a adrenalina traria uma alta produtividade e geraria lealdade à direção e aos seus propósitos.

Soft Skills: as suas ferramentas do sucesso para hoje

Hoje em dia sabemos que o sucesso não é alcançado pelos que sabem mais em suas áreas ou aqueles que foram os melhores na faculdade.

Existe uma série de qualidades – natas ou adquiridas ao longo da vida – que forjam aqueles que têm sucesso, mais cedo ou mais tarde.

As Soft Skills são habilidades comportamentais, tais como:

  • resiliência,
  • facilidade de comunicação,
  • adaptabilidade,
  • atitude,
  • criatividade,
  • ética profissional,
  • sentimento de grupo,
  • capacidade de tomada de decisão,
  • flexibilidade,
  • automotivação,
  • disciplina,
  • pro atividade,
  • pensamento crítico, e
  • capacidade de resolução de conflitos, entre outras.

Hard Skills x Soft Skills

Não estamos querendo dizer com isso que o esforço em adquirir conhecimento objetivo – como estudar um novo software de programação ou uma nova legislação – não seja mais importante. Porém, o know-how e a teoria isolados não farão de você um profissional de alto desempenho.

Se, em um tempo em que as pessoas estavam trabalhando lado a lado em um ambiente controlado e de forma centralizada já era difícil lidar com aquele colega brilhante que não se comunicava nem compartilhava conhecimento, o que dizer agora?

Soft Skills: desenvolvendo habilidades para empresas sem paredes.
Photo by Johannes Plenio on Unsplash

Com os trabalhos flexíveis e o crescimento da busca por terceiros lugares em que não há mais a proximidade física, como fazer para dirimir maus entendidos ou resolver ruídos de comunicação?

Prepare-se e desenvolva suas soft skills!

A Gig Economy, as smart cities, os crowdworkings (em breve teremos um texto sobre esse termo) e as empresas “sem paredes” não mais limitarão a criatividade como foi no passado (não tão longínquo)  nem medirão as “entregas” pelos relógios de ponto.

Para os melhores projetos serão escolhidos aqueles profissionais que oferecem ferramentas comportamentais que vão além daquilo que é o óbvio esperar de alguém que busca uma colocação ou promoção.

Quer saber  mais sobre as profissões do futuro e a nova maneira de viver e trabalhar?

Comece pelo nosso blog: leia e compartilhe. Ajude a espalhar essas boas notícias!

E deixe nos comentários com quais Soft Skills da nossa lista você se identificou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *